27 de janeiro de 2009

A nova GAZA do RJ.

Hoje acordei pensando em pessoas, situações e noticiários do passado, presente e do futuro.
E de tudo que pensei lembrei-me do noticiário de hoje cedo no canal da Record em que mostrava a guerra entre traficantes de 2 favelas aqui do Rio de Janeiro. Não me lembro o nome delas e não faço questão de saber. O importante é saber a localização para evitar passar por perto.
Pois então foi justamente isso que me chamou a atenção. Nas imagens mostradas, a rua em que aparecia a tal "Faixa de Gaza" me era familiar. Muito familiar. Lembrou, em certos pontos da filmagem, o caminho que faço pra ir e para vir do trabalho. Mas... as casas que apareciam não eram tãããããão parecidas assim! Mesmo assim, aquela curva mais ali para baixo era muito igual!!! Tudo bem, tudo bem... mais tarde, quando estivesse indo pro trabalho, prestaria mais atenção as casas daquela rua.
Então. O tempo passou, eu pensei em mil coisas no caminho pro trabalho, coisas muito distintas umas das outras, e quando percebi ainda estava no mesmo bairro. Mas como podia isso se nem trânsito tinha? Hum... acho que eu tava tão no mundo da lua que nem percebi que o motorista estava lerdando de mais! Rs... Ou será que era a velocidade dos meus pensamentos que estavam triplicadas perante a velocidade do ônibus. Será? Bem, falando de mim e de meus pensamentos: TUDO É POSSÍVEL!!!!
Mas então, passei da Piedade (Ô motorista! Tende piedade de nós passageiros! Já pensei até na construção da Terra e você ainda está aqui na Piedade??), passei por Todos os Santos (aproveitei e rezei pra todos Eles. Acredita que deu tempo pra isso? E o motorista ainda tava subindo a rua pra sair no Hospital Pasteur!!).
Eenfim cheguei no Méier!
O Senhor que estava ao meu lado se mexeu!
Gente, eu achei que ele estava morto.
Não mexia nem os olhos!!
Que bom!
Ele foi direto pro Pan do Méier. Tomara que esteja tudo bem com ele.
Chegou na Água Santa ele começou a zig-zaguear.
Isso aqui tá parecendo até uma Procissão! Só palavras que profetizam o catolicismo: Piedade, ... Santos, Água Santa (água benta).
Lembrei novamente da nova "Faixa de Gaza" aqui do Rio. Estava quase chegando nela. Voltei a rezar para que tudo estivesse calmo por lá.
Então, cheguei no tão destemido Engenho Novo. Tantas casas simpáticas nas entreruas.
Um bairro tão residencial. Local onde situa-se o Colégio Pedro II. E várias placas de "VENDE-SE" no caminho. Casas, apartamentos, lojas...
Resolvi ir olhando pro alto dos prédios e vi que em um deles havia vááááááário buraquinhos na parede lateral.
Sim, eram tiros! Que medo!!!
Ah, sim, as casinhas desta rua eram as mesmas que apareceram na Tv Record hoje cedo.
Graças à Deus passei por lá, do início (Engenho Novo) até o final (Grajaú), sem ouvir nenhum tiro.
A "Gaza" estava em Paz por hoje cedo.
O Problema agora será na hora de voltar pra casa.
Só existem 2 ônibus que servem pra mim. E ambos passam por esta rua tão"simpática", tão "calminha"... Ambos passam pela "Faixa de Gaza". E agora, o que eu faço?
É, o jeito é encarar mesmo. Rezar o Pai Nosso, a Ave Maria, pedir Piedade à Todos os Santos e se benzer com a Água Santa.
E manter o pensamento positivo, SEMPRE!
Ahhhh, acabei de lembrar de uma coisa muitíssimo positiva: hoje não irei para casa!! QUE BOM!!
Hoje, enfim, vou ver o que de mais preciso tenho nesta vida: MEU FILHO Heian! QUE SAUDADE!!
Espero que a depressão vá embora de vez. Ficar longe dele está me fazendo mal. É um martírio.
Por enquanto ele ainda está morando com meus pais em outro Município, em lugar extremamente calmo, em meio a natureza.
Em breve ele virá morar conosco (eu e meu marido) aqui no RJ. Em alguns pouquíssimos meses.
Mas isto eu deixo pra outro Post.
Agora vou indo porque a chuva da estrada me espera, rss!!!
Meus pais ligaram dizendo que tá caindo um temporal daqueles de alagar na Rod. Washinton Luís!!!
Fazer o que?
A saudade é maior que qualquer temporal à fora.
Beijinhos em ti que teve coragem de ler isso aí em cima, rsss.
Boa Semanaaaaaaaaaaa!!

Um comentário:

Aline disse...

Oi, lindona!
Adorei o blog. Fico realmente encantada com pessoas como vc e minha cunhada que tem o dom da expressão através da escrita.
Tentarei passar por aqui sempre.
Um enorme bj.