3 de dezembro de 2009

Surpresas de Amor.



A capacidade de surpreender que me afaga o peito.

O ser humano é tão capaz de tantas coisas que nem ele mesmo pode imaginar ou acreditar.
Quando o assunto é amor, ele, o ser humano, é capaz de tantas coisas... das piores às mais belas. As piores a gente só comenta quando acontece. As mais belas a gente comenta a todo instante.

Tem gente que diz não gostar de surpresas, mas no fundo, bem lá no fundinho, quem não gosta de receber flores inesperadas com um cartão romantico, declaratório ou não. Com poucas palavras, porém significativas. Mesmo que sejam as mais comuns como um "eu te amo, assinado fulano (a) de tal". Daí surge aquele sorriso que acende toda uma ruéla em questão de segundos. As reações são as mais diversas. Das previsíveis às imprevisíveis. Porém todas satisfeitas.

- Tem a surpresa de um bilhetinho, ou cartinha, deixado dentro da carteira do outro.
- O espelho do banheiro escrito com batom (lembrando sempre de deixar um pano e uma vasilha com álcool a disposição pra fazer a limpeza depois, rs)
- Fazer uma caixa em formato de coração, com cartolina. Não importa se ficar desforme, o importante é sempre a intesão. Recheá-lo com bombos Serenatas de Amor (é sempre uma forma de jogar umas indiretas, né.)
- Comprar uma cesta de café da manhã com tudo que você sabe que a pessoa realmente vai comer, e não comprar uma cesta aleatória. (Observe se a pessoa tem problemas de saúde, como eu, rs. Não adianta quase nada uma cesta cheia de biscoitos recheados e toddynho e etc, tudo com muito açúcar, para alguém que tem diabetes, hahahahaha. E vale para outros problemas de saúde também. Uma pessoa em constante dieta não iria gostar de receber uma cesta cheia de calorias, né não?)
- Tem o carro de mensagem que para na frente da casa da pessoa, ou onde ela estiver, e faz uma linda declaração pra todo mundo ouvir. (Particularmente, eu adoro demonstrações públicas de afeto, num geral. Pesquise antes pra saber se seu amor também gostaria de uma surpresinha dessa. Mas seja discreto, não diga que você quer fazer. Comente que um amigo fez pra namorada e espere a reação da sua)
- Buscar seu amor no trabalho, academia, escola, faculdade, cursinho, em casa mesmo. Assim, como não quer nada, leve-a a um restaurante/ lanchonete/ barzinho/ botequim/ barraca de cachorro quente. Qualquer lugar. Uma surpresa simples mas que faz o casal sair da rotina. Chegando lá não esqueça da surpresa maior: Quando for pagar a conta (válido apenas pra barraca de cachorro quente, barzinho e botequim, rs) escreva no quardanapo um "Eu te amo. Gostou? Agora me dá um beijinho?". Gostamos de coisinhas simples!
- Comprar uma peça de roupa e dar de presente é fato. Mas o inesperado é quando ela abrir o presente e ver que a roupa não é implesmente uma roupa qualquer. Ela se surpreender com o nome dela (ou o seu, ou até mesmo apelido) bordado discretamente na tal roupa. E de quebra ainda estar com seu perfume cravado na roupa. Tem coisa tão boa quanto?? É muito bacana essa idéia. Eu já fiz isso e confesso que a pessoa adorou.
- Outra idéia bacana, porém bem insinuosa, é você pegar numa lanchonete um canudinho, desses que vem lacrado num papel branco. (New generation) Pegue uma caneta de escrever em CD (a ponta é mais fininha) e escreva algo provocativo (mas essa só é válido pra relacionamentos duradouros e onde haja liberdade pra certas brincadeirinhas, e que a certeza do sorriso da brincadeira irá divertir na hora da leitura e querer oficializar o sugerido com malícia após. Rs. (Posso dar uma chupatinha, etc.)
- Na mesma idéia de cima, segue-se a dos pauzinhos de hashimi (acho que é assim que escreve) que também veem enrolados em papel.
- Se a pessoa tiver carro, arrume um jeito de pegar a chave e deixar um bilhete na frente do velocímetro, um pouco antes da pessoa entrar no carro, de fato.
- Como também pode deixar escondido o tal bilhete (ou uma foto dos dois) no pára sol. Assim quando a pessoa for baixá-lo, verá a surpresa presa ali. Pode ser com durex mesmo. (USE A CRIATIVIDADE!)
- Tem gente que aluga helicóptero e manda jogar não sei quantas pétalas de flores em cima da casa da namorada.
- Contactar uma agência de Outdoors e mandar escrever um recado bem bacana no outdoor mais próximo da residência. Serve de presente de aniversário, namoro, pedido de namoro, pedido de casamento, felicitações em geral e pedidos também. Ou simplesmente declarações de amor com poesias ou parte de músicas. Enfim.
- Pra quem tem grana, pode pedir pra fazer um busdoor, mas somente na linha que a pessoa costuma pegar.
- Pode fazer uma imitação de cartão de multa, no PC, e dele conter avisos de que foi multado gravemente por estacionar em local impróprio. Pagamento?? Beijos, abraçoes e etc.
- Se a pessoa morar sozinha pode deixar bilhetinhos escondidos, como se fosse um jogo. Ao entrar em casa e estiver fechando a porta, a pessoa vai ler um bilhete preso ali mesmo, na altura do roto dela, dizendo para ir até o armário da cozinha onde fica os mantimentos, depois outro bilhete pedindo pra abrir a gaveta de talher, outro pra ir até à área, depois até a sala atrás da TV, depois na varanda em baixo da cadeira, depois no banheiro lá no basculhante, depois no armário do espelho, depois pro quarto debaixo do edredom, depois.... SURPRESA!!!! Você ali, toda sensual, ou ele, todo provocativo. Hum...... delícia!
- Tem a surpresa das novelas. Você apaixonada por ele, ele apaixonado por você. Algo atrapalha o relacionamento. Ela prestes a casar, você sem saber o que fazer da vida. quando ela tiver subindo ao altar, na hora do "fale agora ou cale-se para sempre", você entra em cena, respira fundo e toma toda coragem que puder e não tiver de onde tirar, mas tira de algum lugar que só Deus sabe. E diz que ela é a mulher da sua vida, que você não consegue mais se ver vivo sem ela, que seu amor é isso e aquilo e blablablá que vier de dentro de você e você sabe que ela iria adorar ouvir. Aí você fala pra ela que é agora ou nunca mais. Aí ela sai correndo do altar em sua direção com um sorriso que não cabe mais no rosto. Para no meio da igreja e pede desculpas à todos mas que um dia entenderão esse amor inexplicável. E aí corre pra cima do cavalo (o cavalo não é o rapaz não, tá!) ou pra dentro do fusquinha, ou da moto enferrujada, rs. E seria uma surpresa daquelas!! Tanto pra ela (ele), como pra todos presentes. (OBS.: Só se faz quando se tem certeza do amor da outra pessoa por você, da certeza de que ela (ele) abriria mão de tudo por conta desse amor. Caso contrário... seria uma decepção e pagação de mico enorme.)
Bem, dei umas dicas.
É tão bom criar, criar, criar e criar..... no amor vale tudo e pode tudo. Só falta mesmo é CORAGEM!
Rs.
Boa semana pra ti.

Um comentário:

A.M.A. disse...

Juntar todas as suas economias e comprar um vôo pra outro Estado só para ver quem se ama apensa por algumas horas.... indiscutível!
Entre outras e muito mais outras infindáveis.