13 de junho de 2010

É difícl ser mulher.

     Sim, é muito difícil ser. Pois mulher anda de salto alto agulhinha e de bico finíssimo, usa calças apertadas, coloca cintas modeladoras pra esmagar a barriguinha extra, perdem horas no salão de beleza cuidando dos cabelos (é escova tradicional num dia, escova progressiva no outro, tintura, cortes modernos, etc) cuidam da pele, das unhas, depilações e mais depilações (inclusive da virilha que é a pior região pra se depilar), acorda mais cedo pra tomar aquele banho e começar todo um ritual de produção pra sair pro trabalho, curso, faculdade, escola e afins.
     Mas isso tudo é um sofrer opcional. Mas... e aquele sofre que ninguém nunca divulgou e que não tem como optar por não sofrer?? Pois bem, perder horas no salão pra ficar linda, usar roupas apertadas e sapatos que pedem um total senso de equilíbrio sobre eles, é opcional! Você não quer sofrer? Então é só não usar e não fazer esforço pra usar isso ou aquilo. Pronto. Fim da tortura.
     Mas sabe, tem aquele sofrer que ninguém comenta. Sabe qual é? Bem, é até um pouco constrangedor falar, mas tenho que dizer, pois sou mulher e sofro muito com isso!!!!!!!!!!! Com essa repressão imposta a nós, mulheres. E quero dar um chega a essa tortura inevitável e que aparece quando menos esperamos. A tortura é: coceira na virilha e coceira no bumbum!! Não, peraí, tem coisa mais incômoda que essas, e que a mulher é obrigada a "engolir" tal coceiras por "não poder" dar uma coçadinha na piriquita ou no bumbum em público por ser totalmente deselegante? Não, não tem!
     Para os homens é a coisa mais normal do mundo. Sentiu coceira na virílha ou no pinto?? Áaaah, é só colocar o dedinho e coçar daqui... coçar dali, e ninguém repara nisso. Afinal, homem que é homem tem mais que dar uma coçadinha vez e outra, né? Sinal de homem viril. Mas mulher que dá uma coçadinha da "xaninha" ou no "popozão"... bem, estou protestando contra esse preconceito besta. Vamos dar um chega a esse conceito besta de que mulher não pode se coçar na frente dos ourtos e/ou na rua, enfim, em público.
     Agora dá licensa que vou coçar a minha virilha, tá? Rs....

Um comentário:

oflm disse...

É muito interessante ver uma gaja a coçar-se. Do lado do sexo oposto elas adoraram ver o CR7 a coçar-se.
Obrigado pela imagem que puseste no blog!