28 de junho de 2010

Ser diabético = Ser rico.

     Todo mundo diz que hoje em dia é bem mais fácil ter diabetes do que antigamente. Bem, por um certo lado é verdade, principalmente pelas variedades de doces diet¹, de alimentos menos calóricos, de opções de insulinas e fitas reagentes para verificação da glicose em casa mesmo, pela quantidade de médicos especializados no assunto - tanto particulares, como de hospitais públicos.
     Mas, tantas facilidades são para poucas pessoas. Público que recebe apenas 1 salário mínimo (mesmo que sendo da categoria) não consegue manter tantos "benefícios" atuais vendidos para diabéticos.
     Para quem recebe 2 salários mínimos até consegue manter, mas com várias regalias.
     Vamos aos valores aproximados de cada ítem indispensável mensalmente a quem tem diabetes:

     1 - Insulina Humalog (tempo de ação a partir dos 15 minutos após aplicação): R$ 90,00 ou Insulina Humulin (tempo de ação a partir dos 30 minutos após aplicação): R$ 46,00
     2 - Insulina NPH ( essa é de efeito mais lento, age praticamente durante o dia todo, considerada como lenta e na maioria dos diabéticos tipo I² são usuários desta insulina.: R$ 49,00 (em alguns casos há necessidade de 2 caixas ao mês): R$98,00
     3 - Metformina (antidiabético oral): média de R$13,00
     4 - Fitas reagentes (saber valor glicêmico naquele determinado horário, em geral usado no horário do café da manhã, almoço, janta e antes de dormir. Fica a critério do médico): R$ 99,00 (caixa com 50 tiras)
Uma caixa com 50 tiras daria pra medir glicose 1 vez ao dia, sobrando, assim, 20 tiras. Para poder fazer o teste 2 vezes ao dia seria necessário mais 1 caixa com 10 tiras, que custa R$ 27,90. Mas... todo médico pede que se faça o teste 3x durante o dia = 90/91 tiras = 1 caixa de 50 tiras + 4 caixas de 10 tiras = R$ 210,60
     5 - Seringas Ultra Fine BD, pacote com 10 unidades: R$ 17,00
     
      90,00
      49,00
      13,00
     210,60
   +  17,00
   ----------
  R$ 428,60 


     Bem... docinhos diet vira raridade, né? Rs.

     Barra de chocolate diet com Rum e trufas: R$ 17,90 (não diet custa em média R$ 8,90). E por aí vai.

     Ter diabetes custa CAAAAAARO!!!! Tem que ser rico pra manter. Como não sou rica... tá complicadinho... só um tiquinhu!!!!


 ----------------------------------------------------------------------------------------
¹: diet é pra quem tem restrição de açúcar no sangue, light é para quem tem restrição de calorias. Nem todo produto diet é light, assim como nem todo produto light é diet. Mas.. todo REFRIGERANTE LIGHT é diet. Por isso a necessidade de sempre ler a composição do produto que se compra.

²: Diabético tipo I: O Diabetes tipo I se caracteriza pela destruição das células beta do pâncreas, produtoras de insulina. Isso ocorre devido a uma resposta auto-imune, ou seja, o próprio organismo é que destrói estas células. Nestes casos o paciente fará uso de insulina por toda a vida. Ocorre com mais freqüência em jovens.
O Diabetes tipo II caracteriza-se pela continuidade de produção de insulina. O que ocorre neste caso é que o organismo não consegue metabolizar, ”aproveitar”, o que é produzido. É o que chamamos de resistência à insulina.
Atinge principalmente adultos, pessoas com predisposição genética ou com excesso de peso.
Muitas vezes, alimentação adequada, exercícios físicos, controle de peso são suficientes para controlar a doença. Entretanto, pode ser necessário a utilização de antidiabéticos orais e insulina para manter os níveis de glicose no sangue.

Um comentário:

Daniela disse...

Olá A.M.A.



Adorei seu blog !!!

Sobe ser diabético = ser rico, é uma gde verdade, pois sei o que é isso no dia a dia, afinal tenho mãe e avó diabéticas e sei bem o que isso significa, alto custo no orçamento td mês, sem nenhuma ajuda do Governo,~em mtos casos não adianta só controle na alimentação e exercícios, no caso delas, que são dependents de insulinas e remédios caros, o custo é altamente elevado. Além de ser uma doença silenciosa, é ingrata ( pelos maleficios à saúde que agreaga) e com um custo mto elevado. Só nos resta ter mta Fé em Deus e nosso próprio trabalho pra "bancarmos" a diabetes

Tenha uma linda tarde.

Gde bjo

Daniela