19 de maio de 2009

Cada passo um novo capítulo pra minha ODISSÉIA






E só quem sabe saberá sobre o que transcrevo. Do que transponho do punho.
E ponho o que vem, bate, bate forte e dói.
Estereostática é a forma em que me encontro.
Os olhos fecham entreabertos, porque não querem se fechar. O mundo tá rodando, não posso fechá-los por hora.
Mas o suspiro pensativo que não esconde o seu "porquê" declara algo que está na escuridão de meus desejos... nas vontades proibidas...

O papo de hoje foi do proibido. Do que é perigoso. Dos riscos que se corre ou não. De abrir mão de algo que é forte no coração pra não correr riscos físicos a qualquer momento e surpreendentemente.

O que desfaz é a teimosiaa em querer Ser o que não é legal. Um sonho.
O que desfaz é a teimosia em querer sua, e de outrem, integralidade física e emocional no lugar, intáctos. Uma realidade. Pés no chão.

E por hoje, e mais alguns dias, a Bahia fica mais bonita do que já é.

UM BEIJO PRA BAHIA!
Tios, tias, primos e primas!!
Saudades de todos mais um pouco mais!!!!

Nenhum comentário: